quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

>> SNIPER << M.01 [2/3]

Continuando o primeiro capítulo de >>SNIPER<<!
Quem é a pessoa que oferecer um emprego para o Lion?

Uma boa leitura para todos!


~ Missão 1 – FUUSEN ~ Parte 2 de 3

No final da parte 1...
“- Função? Ei, Tsuki... não me lembro de você ter me oferecido um emprego...
- Eu não estou oferecendo... ELA está! Vai lá, Lion! *empurrão*
- Ai, não faça mais isso, Tsuki! E... ahn... quem é a senhora?”

- Não faça isso com nosso convidado, Tsuki. Ora, ora, então é dele que você me falava?
- Eu não estou entendendo, Tsuki...
- Pode deixar, eu irei explicar. Meu nome é Camellia e você está dentro da B.G. O nosso trabalho é entregar os sentimentos puros de nossos clientes até a pessoa desejada. Infelizmente há um grupo de malfeitores chamado Chaos que quer lucrar com esses sentimentos. Roubam e vendem os sentimentos de nossos clientes para pessoas ambiciosas. Por conta disso, montamos um grupo especial chamado White Garden, para recuperar os sentimentos roubados. E você, Lion, agora faz parte do White Garden.
- Hein?! *boiando* Como assim?... Entrega de sentimento? WTH?
- Tomaaaa! *cascudo* Isso é jeito de falar com a nossa chefe, Lion?
- NOSSA chefe? Que negócio é esse de NOSSA? Eu não quero saber disso não!
- Acalme-se, Lion... Ao analisarmos seu conhecimento tecnológico, estava claro o quão importante é a sua presença para o empenho dessa função, uma vez que o Chaos é muito bem precavido e cheio de sistemas de segurança.
- Analisar... Quando vocês me analisaram?!
- Esqueceu por acaso de quando você me conheceu, Lion?
- Claro que eu lembro, Tsuki. Você tinha pedido para eu arrumar o alarme do seu carro, quando você perdeu a chave no bueiro da rua, não foi isso?
- O carro não era meu! *risos mais malignos ainda*
- AHN!? *pasmo*
- Aquele era o carro de um dos membros do Chaos e a segurança deles é tão boa quanto do Pentágono. Eu, Camellia, chefe da B.G posso afirmar isso com toda a certeza do mundo.
- OH MY GOD!!! EU COMETI UM CRIME!!! O que minha mãe vai pensar de mim? *choro*
- Que nada! Pense que foi um ato heroico... Como o Peter Pan, que rouba dos ricos para dar aos os pobres!
- É Robin Wood, Tsuki...
- Ah, serve! Você se prende a pequenos detalhes, Lion!
- *Poft /o/*... Bom, ainda não concordei em trabalhar com vocês!
- Como responsável pela B.G e a segurança de meus funcionários, seu salário será de $$$$$$$$$$ *censurado por ser uma quantia muito estúpida de tão grande* mais seguros, moradia e tudo mais o que você precisar. Diferente de seu antigo salário do qual você mal conseguia almoçar.
- Eu posso pensar?
- Claro.
- Já pensei. Quando eu começo? *sorriso até a testa*
- Que tal agora? Tsuki pegue o computador e os equipamentos. O trabalho de vocês será recuperar o precioso balão de nossa cliente.
- Sim senhora! *\o7*

Mas não pensem que fui comprado por uma quantia tão... er... infinita. Só estava curioso em saber o que de tão importante a B.G faz. O que significa B.G? Na empolgação... digo... na pressa, esqueci de perguntar! Enfim, fomos andando até o lugar indicado pela Camellia, que era do outro lado da cidade. Segundo a Tsuki, fomos andando para evitar chamar muita atenção. No local, comecei o meu trabalho. Minha perna doía muito, mas como meu trabalho era só desativar o sistema se segurança, estava tranquilo. Pelo menos eu achava.

- Lion, você já desativou todo o sistema de segurança dessa área?
- Sim. Pode prosseguir, Tsuki.
- Ok! Então vou entrar.

Enquanto Tsuki entrava, eu pensava com os meus botões *trocadilho... ahn, ahn... entenderam?* o que de tão importante tinha aquele balão vermelho para estar tão protegido. A Camellia disse algo sobre sentimentos puros, mas... o que um balão tem a ver? E ainda não entendi como é essa entrega de sentimentos. Estava tão distraído que mal percebi que o sistema tinha sido religado. Tentei avisar a Tsuki, mas era tarde demais.

- Ah pensando bem, esper... ihhh já foi... já vi que vou levar bronca.

Eu tinha que avisá-la de alguma forma, levando bronca ou não. Afinal, se a segurança deles era como a do Pentágono, então Tsuki corria muito perigo. Não consegui pensar em muita coisa senão...

- Corre, Tsuki! Eles perceberam e religaram o sistema!
- AGORA QUE VOCÊ ME AVISA!? Pelo menos consegui pegar o balão!
- Tsuki! Eles estão vindo! Anda logo!
- Tá! Já to indo! Por que essas coisas tem que acontecer sempre comigo?...
- Droga eles estão nos alcançando. Eles são muito rápidos, Tsuki!
- É você que é lento! Corre!
- Minha pernaaaaaaaaaaaaaaaaa...
- Se quiser fica aí e sofra as consequências sozinho! Eu to é caindo fora!
- Você é muito má, Tsuki.

[Fim da parte 2 de 3]

Lembrando que na semana que vem, postarei a última parte do capítulo 1!
Até o próximo post!

2 comentários:

  1. Lion marginal... sahsahhashashasha
    Gostei do dialogo muito engraçado...o/
    Fiquei curioso em saber tbm
    sobre o balão...xD
    Vou continuar para descobrir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha Lion marginal é nova!
      Que bom que gostou ^^!

      Ok!

      Excluir